Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘salazar’

Escritores memoráveis

José Saramago

saramago.jpg

 

 

José de Sousa Saramago nasceu em 1922, em Azinhaga, aldeia ao sul de Portugal, numa família de camponeses.Autodidata, antes de se dedicar exclusivamente à literatura trabalhou como serralheiro, mecânico, desenhista industrial e gerente de produção numa editora.

Iniciou sua atividade literária em 1947, com o romance Terra do Pecado, só voltando a publicar (um livro de poemas) em 1966.

Atuou como crítico literário em revistas e trabalhou no Diário de Lisboa. Em 1975, tornou-se diretor-adjunto do jornal Diário de Notícias. Acuado pela ditadura de Salazar, a partir de 1976 passou a viver de seus escritos, inicialmente como tradutor, depois como autor.

Em 1980, alcança notoriedade com o livro Levantado do Chão, visto hoje como seu primeiro grande romance. Memorial do Convento confirmaria esse sucesso dois anos depois.

Em 1991, publica O Evangelho Segundo Jesus Cristo, livro censurado pelo governo português – o que leva Saramago a exilar-se em Lanzarote, nas Ilhas Canárias (Espanha), onde vive até hoje.

Foi ele o primeiro autor de língua portuguesa a receber o Prêmio Nobel de Literatura, em 1998. Entre seus outros livros estão os romances O Ano da Morte de Ricardo Reis (1984), A Jangada de Pedra (1986), Ensaio sobre a Cegueira (1995) e O Homem Duplicado (2002); a peça teatral In Nomine Dei (1993) e os dois volumes de diários recolhidos nos Cadernos de Lanzarote (1994-7). 

  • Ano da Morte de Ricardo Reis (O). Lisboa, Caminho, 1982, 415 p.
  • Ano de 1993 (O). Lisboa, Futura, 1975, 69 p.
  • Apontamentos (Os). Lisboa, Seara Nova, 1976. 246 p.
  • Bagagem do Viajante (A). Lisboa, Futura, 1973, 201 p.
  • Cadernos de Lanzarote I. Lisboa, Caminho, 1994, 177 p.
  • Cadernos de Lanzarote II. Lisboa, Caminho, 1995
  • Cadernos de Lanzarote III. Lisboa, Caminho, 1996
  • Cadernos de Lanzarote IV. Lisboa, Caminho, 1997
  • Cadernos de Lanzarote V. Lisboa, Caminho, 1998
  • Conto da Ilha Desconhecida (O). Lisboa, Expo’98/Assírio&Alvim, 1997, 35 p.
  • Deste Mundo e do Outro. Lisboa, Arcádia, 1971, 213 p.
  • Discursos de Estocolmo. Lisboa, Caminho, 1999, 39 p.
  • Ensaio sobre a Cegueira. Lisboa, Caminho, 1995, 310 p.
  • Ensaio sobre a Cegueira. Lisboa, Círculo de Leitores, 1995, 310 p.
  • Evangelho segundo Jesus Cristo (O). Lisboa, Caminho, 1991, 445 p.
  • História do Cerco de Lisboa. Lisboa, Caminho, 1989, 348 p.
  • In nomine Dei. Lisboa, Caminho, 1993, 164 p.
  • Jangada de Pedra (A). Lisboa, Caminho, 1985, 330 p.
  • Levantado do Chão. Lisboa, Caminho, 1980, 366 p.
  • Manual de Pintura e Caligrafia. Lisboa, Moraes Editores, 1976, 347 p.
  • Memorial do Convento. Lisboa, Caminho, 1982, 357 p.
  • Moby Dick em Lisboa. Lisboa, Expo’98, 1996, 55 p.
  • Noite (A). Lisboa, Caminho, 1979, 115 p.
  • Objecto Quase. Lisboa, Moraes Editores, 1978, 139 p.
  • Opiniões que o D. L. Teve (As). Lisboa, Seara Nova/Editorial Futura, 1974, 222 p.
  • Poemas Possíveis (Os). Lisboa, Portugália, 1966, 188 p.
  • Provavelmente Alegria. Lisboa, Livros Horizonte, 1970, 97 p.
  • Que farei com este livro? Lisboa, Caminho, 1980, 167 p.
  • Segunda Vida de Francisco de Assis (A). Lisboa, Caminho, 1987, 132 p.
  • Terra do Pecado. Lisboa, Minerva, 1947, 331 p.
  • Todos os Nomes. Lisboa, Caminho, 1997, 279 p.
  • Viagem a Portugal. Lisboa, Círculo de Leitores, 1981, 237 p.

Anúncios

Read Full Post »