Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘ensaio sobre a cegueira’

Escritores memoráveis

José Saramago

saramago.jpg

 

 

José de Sousa Saramago nasceu em 1922, em Azinhaga, aldeia ao sul de Portugal, numa família de camponeses.Autodidata, antes de se dedicar exclusivamente à literatura trabalhou como serralheiro, mecânico, desenhista industrial e gerente de produção numa editora.

Iniciou sua atividade literária em 1947, com o romance Terra do Pecado, só voltando a publicar (um livro de poemas) em 1966.

Atuou como crítico literário em revistas e trabalhou no Diário de Lisboa. Em 1975, tornou-se diretor-adjunto do jornal Diário de Notícias. Acuado pela ditadura de Salazar, a partir de 1976 passou a viver de seus escritos, inicialmente como tradutor, depois como autor.

Em 1980, alcança notoriedade com o livro Levantado do Chão, visto hoje como seu primeiro grande romance. Memorial do Convento confirmaria esse sucesso dois anos depois.

Em 1991, publica O Evangelho Segundo Jesus Cristo, livro censurado pelo governo português – o que leva Saramago a exilar-se em Lanzarote, nas Ilhas Canárias (Espanha), onde vive até hoje.

Foi ele o primeiro autor de língua portuguesa a receber o Prêmio Nobel de Literatura, em 1998. Entre seus outros livros estão os romances O Ano da Morte de Ricardo Reis (1984), A Jangada de Pedra (1986), Ensaio sobre a Cegueira (1995) e O Homem Duplicado (2002); a peça teatral In Nomine Dei (1993) e os dois volumes de diários recolhidos nos Cadernos de Lanzarote (1994-7). 

  • Ano da Morte de Ricardo Reis (O). Lisboa, Caminho, 1982, 415 p.
  • Ano de 1993 (O). Lisboa, Futura, 1975, 69 p.
  • Apontamentos (Os). Lisboa, Seara Nova, 1976. 246 p.
  • Bagagem do Viajante (A). Lisboa, Futura, 1973, 201 p.
  • Cadernos de Lanzarote I. Lisboa, Caminho, 1994, 177 p.
  • Cadernos de Lanzarote II. Lisboa, Caminho, 1995
  • Cadernos de Lanzarote III. Lisboa, Caminho, 1996
  • Cadernos de Lanzarote IV. Lisboa, Caminho, 1997
  • Cadernos de Lanzarote V. Lisboa, Caminho, 1998
  • Conto da Ilha Desconhecida (O). Lisboa, Expo’98/Assírio&Alvim, 1997, 35 p.
  • Deste Mundo e do Outro. Lisboa, Arcádia, 1971, 213 p.
  • Discursos de Estocolmo. Lisboa, Caminho, 1999, 39 p.
  • Ensaio sobre a Cegueira. Lisboa, Caminho, 1995, 310 p.
  • Ensaio sobre a Cegueira. Lisboa, Círculo de Leitores, 1995, 310 p.
  • Evangelho segundo Jesus Cristo (O). Lisboa, Caminho, 1991, 445 p.
  • História do Cerco de Lisboa. Lisboa, Caminho, 1989, 348 p.
  • In nomine Dei. Lisboa, Caminho, 1993, 164 p.
  • Jangada de Pedra (A). Lisboa, Caminho, 1985, 330 p.
  • Levantado do Chão. Lisboa, Caminho, 1980, 366 p.
  • Manual de Pintura e Caligrafia. Lisboa, Moraes Editores, 1976, 347 p.
  • Memorial do Convento. Lisboa, Caminho, 1982, 357 p.
  • Moby Dick em Lisboa. Lisboa, Expo’98, 1996, 55 p.
  • Noite (A). Lisboa, Caminho, 1979, 115 p.
  • Objecto Quase. Lisboa, Moraes Editores, 1978, 139 p.
  • Opiniões que o D. L. Teve (As). Lisboa, Seara Nova/Editorial Futura, 1974, 222 p.
  • Poemas Possíveis (Os). Lisboa, Portugália, 1966, 188 p.
  • Provavelmente Alegria. Lisboa, Livros Horizonte, 1970, 97 p.
  • Que farei com este livro? Lisboa, Caminho, 1980, 167 p.
  • Segunda Vida de Francisco de Assis (A). Lisboa, Caminho, 1987, 132 p.
  • Terra do Pecado. Lisboa, Minerva, 1947, 331 p.
  • Todos os Nomes. Lisboa, Caminho, 1997, 279 p.
  • Viagem a Portugal. Lisboa, Círculo de Leitores, 1981, 237 p.

Anúncios

Read Full Post »